24 de novembro de 2014
Você está aqui: Capa / Pastorais / Pastoral do Dízimo

Pastoral do Dízimo

O dízimo paroquial estima-se hoje, aproximadamente 750 colaboradores dizimistas cadastrado na paróquia de Serra Azul, que faz sua contribuição de maneira consciente e generosa.

Por longo tempo a forma de recolhimento do dízimo paroquial é feita através da pastoral do dízimo com as lideres com uma coordenação geral, esta por sua vez organiza a equipes e os eventos que são realizados com os dizimistas, sendo missa solene mensal, brindes e evento paroquial.

A formada por setores, esta divisão acontece dentro do município e cada líder de pastoral é responsável por um setor. As lideres passam mensalmente nas residências dos colaboradores para pegar a contribuição, uma forma que mais se adaptou e que os contribuintes acham mais fáceis e não se esquecem do compromisso das lideres no recolhimento e as entregas do dízimo são feitas no escritório da paróquia.

Algumas mudanças foram sendo desenvolvidas com a presença de cada padre, e a que esta prevalecendo, foi à implantada pelo Conego Máximo Vaqueiro (in memorai) a nossa querida cidade assumindo a paróquia Divino Espírito Santo, modificando a forma de recolhimento do dízimo.

Com nova implantação e novo cadastramento foram confeccionados carnês para facilitar a contribuição e controle dos contribuintes e permanece hoje através visitação das lideres da pastoral aos dizimistas cadastrados na paróquia.

Com o projeto da celebração do centenário paroquial e proposta de estudo para curso de especialização em marketing. O padre realizou um ano de aprofundamento de estudos com as lideres o qual levavam a conhecer biblicamente a valor do dízimo, não como somente forma de angariar fundos para a manutenção das obras da paroquia.

Este trabalho realizado com estudos bíblicos, e outros temas pertinentes, buscado nas teorias de administração do Marketing: como a promoção, a propaganda, e outras formas de mídia visuais e auditivas.

Durante o ano de 2011, todos os meses com celebração especificam, e hoje uma vez ao mês e no mês de agosto são celebrados em intensões dos colaboradores da pastoral.

A pesquisa na proposta do trabalho de conclusão do curso em especialização em Gestão de Marketing despertou interesse e levantamentos de dados em pesquisa que veio fundamentar e melhorar o trabalho e também as ofertas dos paroquianos dizimistas.

A proposta do projeto segue publicada junto para que possa ser compreendido e justificado a melhoria do trabalho. Assim como os nomes das lideres, setores e quantidades de participantes contribuintes do dízimo paroquial.

Segue o projeto desenvolvido e estudo e aplicado nos trabalhos de animação pastoral do dizimo:

PROJETO/PLANO DE AÇÃO PASTORAL DO DÍZIMO

 

“ Este plano de ação não tem como objetivo responder todas as questões ou dar pistas para um trabalho, mas sim apresentar uma proposta de como foi a eficiência e o aumento neste período de estudo e nos trabalhos que estão sendo desenvolvidos na pastoral.

 

PLANO DE AÇÃO PASTORAL

PREPARAÇÃO DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA

 

“ANO MISSIONÁRIO DO DÍZIMO CONSCIENTE”

 

METODOLOGIA

VER – planejar

JULGAR – organizar

AGIR – executar.

- controlar -

 

OBJETIVO GERAL Desenvolver e conscientizar os fiéis na colaboração com a igreja através da pastoral do dízimo e angariar fundos para a manutenção sem as taxas de sacramentos.
OBJETIVO ESPECÍFICO

 

Desenvolver formação dos agentes de pastoral com temas específicos e prática consciente do dízimo na comunidade.

 

Plano de ação

Aplicar estudo contínuo com os lideres da pastoral e os demais agentes evangelizadores e serviços na igreja

1º passo

Estudo dos grupos de pastoral.

Celebrações festivas e motivação para a contribuição da assembleia no dízimo.

2º passo

Visitas às famílias contribuintes com ação missionária para mostrar os valores materiais e espirituais do dízimo na comunidade.

3º passo

Retirar as taxas existentes dos sacramentos

Oferecer brindes aos dizimista para motivá-los ao gesto de gratidão com aqueles que dizimam fielmente.

 

Duração do projeto/plano

 

1º ano – 2011

Implantação e formação geral e celebrativa

2º ano – 2012

Missão na família dizimista de conscientização

Missão para captar novos integrantes.

3º ano – 2013

Celebração do centenário – avaliar e retomar-

 


 

TEMAS DE REFLEXÕES

- Formação sobre o dízimo (o que é, como desenvolver e implantar)

- Dízimo sinal de fé – temas de aprofundamentos de: (VALENTIN, Pro-ide).

- Estudo do documento da CNBB nº 8, implantação do dizimo.

- Os mandamentos do dízimo com textos bíblicos

- Dizimo no Antigo e Novo Testamento.

- Dizimo na catequese de crianças

- A pratica do dízimo na comunidade

- Dízimo em perguntas e respostas – os contras e a favor do dízimo na ação da igreja.

- Diferenciação do dízimo e das ofertas na comunidade

- Dízimo: fonte de benção para quem doa.

- Dizimo na estrutura material e espiritual da igreja e dos fiéis.

 

AÇÃO CONCRETA

 

- Missão nas famílias para atrair novos adeptos.

 

FERRAMENTAS DO MARKETING APLICADAS

 
Relacionamento. Encontros  e convivência de grupos
Comunicação Interna e externa com formação periódica e continua.
Publicidade: Mídia

Merchandising

                      propaganda

- Programas de rádio todos os dias

- Faixa do ano missionário na igreja

- banners

- folder distribuído nas missas e nas casas

- brindes nas celebrações do dizimo; primeiro fim de semana de cada mês.

- hino (cantos) próprio da missa do dízimo.

- Celebração dos aniversariantes do mês

- Cartões de aniversários entregues pelas lideres

- apresentação dos resultados

Tempo de ação Processo sem interrupção

Perspectiva de avaliação continua no CPP (Conselho de Pastoral Paroquial)

 

Em referência às tabelas anteriores serão aplicadas da mesma forma a divisão nas tabelas de resultados de números 2, 2A e 2B, que encontram-se no planejamento.

As tabelas 3, 3A e 3B mostram os resultados finais, e foram desenvolvidas no mês de junho e julho de 2011 para ilustrar o aumento dos participantes e os valores arrecadados dos dizimistas. Percebe-se que depois de um trabalho de conscientização houve uma mudança entre os colaboradores, doando um dízimo com valor maior do que vinham oferecendo.

Tabela 3 – Quantidades e valores por setor

Valores e números de dizimistas por setor

Setor: (S) = 29

Valor: ($)

Setor/R$

5

10

15

20

25

30

35

40

45

50

60

70

80

90

100

total

S1

8

5

1

2

1

16

S2

9

12

5

4

1

2

34

S3

7

14

4

5

2

1

1

34

S4

1

5

2

1

2

11

S5

6

9

1

4

20

S6

9

3

2

2

1

1

1

19

S7

6

8

1

4

1

20

S8

6

10

2

4

1

23

S9

9

11

4

5

1

1

2

2

1

1

37

S10

10

20

4

2

1

2

39

S11

9

13

2

1

20

S12

10

21

3

6

3

1

4

48

S13

8

7

3

15

S14

2

6

1

1

1

2

13

S15

1

2

3

S16

4

12

2

5

23

S17

3

3

S18

2

9

1

1

1

14

S19

9

13

7

2

2

1

35

S20

8

8

2

6

1

2

26

S21

10

5

4

3

1

1

2

26

S22

5

3

2

1

11

S23

5

4

1

1

4

2

1

18

S24

6

16

1

2

1

26

S25

7

8

1

16

S26

10

9

2

2

23

S27

5

11

16

S28

2

14

15

3

1

1

1

1

4

2

2

48

S29

4

5

2

1

1

14

total

149

271

65

65

13

21

2

7

0

22

3

5

1

1

9

638

 

Total de Dizimistas – 634


Tabela 3A – Quantidades e valores

Valores de dizimistas por setor

Setor: (S) =29

Valor: ($)

Setor/R$

5

10

15

20

25

30

35

40

*

*

*

*

*

*

*

total

S1

40

50

15

40

16

S2

45

120

75

80

25

34

S3

35

140

60

100

50

34

S4

5

50

40

25

60

11

S5

30

90

15

80

20

S6

45

30

30

80

30

40

19

S7

30

80

15

80

19

S8

30

100

30

80

23

S9

45

110

60

100

25

30

80

37

S10

50

200

60

40

30

39

S11

45

130

30

20

20

S12

50

210

45

6

75

30

48

S13

40

70

45

15

S14

10

60

20

13

S15

5

20

3

S16

20

120

30

100

23

S17

30

3

S18

10

90

20

30

14

S19

45

130

105

40

50

30

35

S20

40

80

30

120

35

26

S21

100

100

120

240

26

S22

25

30

30

20

11

S23

25

40

20

25

120

18

S24

30

160

15

60

26

S25

35

80

16

S26

50

90

30

60

23

S27

25

110

16

S28

10

140

225

60

25

30

35

40

48

S29

20

50

30

25

14

total

725

 

2710

990

1300

325

630

70

280

 

 

 

 

 

 

 

638

 

Total de dizimistas – 638

Tabela 3A – entradas $ 7.030,00

Observação (*) tabela 3B.

Tabela 3B - Quantidades e valores

Valores e números de dizimistas por setor

Setor: (S) =29

Valor: ($)

Tabela 3A – entradas $ 7.030,00

Tabela 3B – entradas $ 2.890,00

Total = (3A+3B)= $ 9.920,00

Observação (*) tabela 3A

Setor/R$

 

 

 

 

 

 

 

 

45

50

60

70

80

90

100 +

total

S1

60

16

S2

100

34

S3

50

100

34

S4

11

S5

20

S6

50

100

19

S7

19

S8

50

23

S9

100

60

70

37

S10

20

39

S11

20

S12

200

48

S13

15

S14

60

70

200

13

S15

3

S16

23

S17

3

S18

50

14

S19

35

S20

10

26

S21

50

80

200

26

S22

11

S23

14

100

18

S24

70

26

S25

50

16

S26

23

S27

16

S28

200

180

200

48

S29

100

14

total

 

 

 

 

 

 

 

 

0

1100

180

350

80

180

1000

638

Tabela 4 – Diferenças e crescimentos

Valores e números de dizimistas por setor

Livro Caixa 2010/2011

Obs.( 1ª, 2ª,3ª e 4ª colunas)

Mês (1ª) Dizimistas (2ª) Valore/ arrecadados (3ª) Crescimento

Junho/julho (4ª)

Mar. (a)

548- dizimistas

R$ 7.147,00

87- dizimistas

Abr./mai. (b)

-

R$ 8.040,00

R$ 893,00

Jun./jul. (c)

638 – dizimistas

R$ 9.920,00

R$ 1.880,00

 

Na tabela 4, foi presentado um resultado na letra (a) da quantidade e valores na segunda e terceira coluna que leva entender o que acontecia com a ação da pastoral, foi observado um trabalho estático, parado. Enquanto que no mês de junho /julho na letra (c). a implantação do projeto em dois meses já obteve um resultado de 87 dizimistas que aderiram a proposta e com aumento em dinheiro significativo. Enquanto que em abril/maio (b) já começam a manifestar uma diferença o de R$ 893,00 positivo. Mas a grande diferença esta no mês de junho/julho de 2011 que é de R$ 1.880,00.

 

5.1. Resultado da ação da pastoral do dízimo

 

Para atingir o resultado desejado, que é aplicar o estudo de pesquisa-açõa na pastoral do dízimo consciente, com resultados de qualidade através do método de pesquisa qualitativo, foram levantados dados através de observação e entrevistas com pessoas da comunidade envolvidas ou não com a igreja.

Não foi apresentada nenhuma forma negativa sobre este movimento de ação na igreja. Primeiro porque não é objetivo mostrar pontos negativos, mas sim possibilidade de sucesso com as ferramentas do marketing, as quais devem ser favoráveis para o andamento do trabalho.

Há na comunidade paroquial um trabalho de dízimo edificado há tempos e o que se pretende é implementar, motivar e reestruturar para atrair novos colaboradores e tentar uma maior contribuição daqueles que dizimam de forma mínima.

Estudar e aplicar os objetivos de conscientização e formar através de citações bíblicas que fundamentam a fé dos cristãos. Este princípio é o mais adequado e eficiente que pode existir. O cristão passa a realizar suas contribuições por que estão convictos do papel na sua igreja e na sociedade.

No decorrer desse desenvolvimento, não foram relatados pontos negativos. Se mostrar o negativo, entender-se-ia que as coisas não dão certo em todos os meios e lugares. Para se realizar uma boa ação. Deve-se esquecer os erros, eles podem acontecer, mas a motivação de acerto é maior e por sua vez supera as falhas na ação da pastoral.

No documento da (CNBB, 2010 p. 66), faz-se a seguinte afirmação sobre a conscientização:

Esta conscientização deve ser feita durante algum tempo, por meio de pregações, encontros, com líderes de paróquia. Reuniões, folhetos, palestras, cartas, etc, e, mais tarde, a própria conscientização permanente de serem os elementos constantes de dinamização do dízimo.

 

Nessa perspectiva pastoral, o trabalho de conscientização do dízimo deve atingir todos os níveis de pastorais, desde a catequese de iniciação até os encontros de pastorais de adultos e serviços. Primeiro tem de se chegar aos animadores e estes devem ser os propagadores do dízimo a outros que encontram afastados.

Ir à busca daqueles que estão afastados, conquistá-los e mostrar-lhes sua importância para a igreja é um principio missionário. Assim como ir até aqueles que são mais simples, pois este também tem o que oferecer e não somente os que possuem posses.

Na implantação do dízimo na comunidade, a CNBB apresenta três maneiras para acolher o dizimo; na Igreja, nos domicílios e nos domicílios, mas justifica que na igreja é a mais inviável, mesmo sendo o correto a ser feito. “Das três modalidades, a primeira parece ser a que apela mais para a responsabilidade pessoal”.

No terceiro passo do projeto/plano de pastoral sobre a conscientização, trata-se de excluir as taxas de emolumentos para os sacramentos. Diante dessa perceptiva o documento da CNBB faz a seguinte referência como consequência:

1 Suprimiram todos os emolumentos, tanto as taxas (Batismo e Matrimônio) como as coletas nos ofertórios da missa.

2 Suprimiram as taxas (Batismo e Matrimônio) e deixaram as coletas no ofertório da missa. Como meio para oferecimento daqueles que não pagam o dizimo.

3 Suprimiram as taxas de (batismo e Matrimonio) apenas para os dizimistas. (CNBB, 2010, p. 68)

 

Afirma o documento: “a primeira parece ser a atitude melhor, mais coerente: todavia, tornamos a insistir que a conscientização deve ser permanente e periódica, para que se possa chegar a suprimir todos os emolumentos na Igreja” (CNBB, 2010).

Diante dessa afirmativa, pode-se considerar que a aplicação das ferramentas do marketing dá possibilidades de alcançar sucesso desta ação missionária do dízimo consciente, aplicado na paróquia do Divino Espírito Santo e suprir as necessidades financeiras sem emolumentos de qualquer sacramento.

Assim mostram os gráficos 1 e 2. O primeiro apresenta os resultados em participação de adesão e o segundo trata-se do aumento da renda financeira do dízimo na comunidade.

Os gráficos 1 e 2, são  resultados das aplicações da conscientização do dízimo com as lideranças setoriais e com os agentes de todas as pastorais em estudos e também a aplicação realizada nas celebrações em um fim de semana de cada mês. Diante dessa atitude, pode-se perceber que as ferramentas do marketing trazem resultados satisfatórios à comunidade.

 

 

Gráfico 1: Participantes dizimistas.

           Gráfico 2: Arrecadação mensal.

 

O fator principal e deficiente na evangelização é criar estudos sobre a espiritualidade e a importância do dízimo na assistência paroquial. Com o dízimo consciente pode-se ter certeza de que não seria necessário qualquer outro evento com caráter financeiro para angariar fundos e manter a obras paroquiais”.

FONTE: Parte do projeto da monografia de estudos de MARKETING NA PASTORAL DO DÍZIMO de Manoel Ap. do Espirito Santo

Colaboração: Maria Teresa Tunes : Pe Manoel

1,760 total views, 4 views today

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>